• HOME Notícias
  • Brasil estreita cooperação com países de língua portuguesa

    IMPRIMIR

    14.3.2018

    Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge, presidiu a 3ª Reunião de Ministros de Comércio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

    Brasília (13 de março ) - Os ministros de Comércio e representantes das nações que integram a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) finalizaram nesta terça-feira (13), em Brasília, a terceira reunião do grupo com o  compromisso de reforçar a cooperação entre os países, por meio de iniciativas para promoção do desenvolvimento econômico e social de cada um deles.
     
    Da parte do Brasil, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge, ressaltou a importância do encontro por ser "um ambiente propício ao desenvolvimento econômico, industrial e social, bem como à inovação e ao empreendedorismo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa".
     
    Marcos Jorge também apontou o potencial econômico do grupo. "No ano passado, o PIB total dos países-membros foi de US$ 2,4 trilhões de dólares. A corrente de comércio entre Brasil e CPLP somou, aproximadamente, US$ 3,5 bilhões de dólares. Isso significa um aumento de mais de 60% em relação ao ano anterior. Nosso crescimento mútuo nos levará a atingir patamares cada vez maiores", disse.
     
    Na lista de assuntos discutidos pelos ministros, receberam destaque os esforços para fortalecer os fluxos de comércio e de investimento e as Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs), bem como os regimes semelhantes a elas, desenvolvidos pelos demais países da CPLP. Marcos Jorge detalhou que também ficou acertada a soma de esforços na construção de um website para a divulgação das ZPEs dos países membros da Comunidade.
     
    Ainda neste ano, também no Brasil, durante o segundo semestre, será realizado o 3º Seminário Internacional de Indicações Geográficas e Marcas Coletivas, voltado aos países membros da CPLP. E, desde já, os ministros de Comércio reforçaram o apoio ao intercâmbio de informações sobre o assunto do próximo seminário.
     
    Além de Marcos Jorge, participaram da reunião o ministro da Indústria, Comércio e Energia de Cabo Verde, Alexandre Monteiro; o ministro do Comércio e Promoção de Pequenas e Médias Empresas da Guiné Equatorial, pastor Micha Ondo Bile; o embaixador de Moçambique, Manuel Tomás Lubice; o secretário adjunto do Comércio de Portugal, Paulo Ferreira; e o encarregado de Negócios da Embaixada de Timor Leste, Miguel Jacob Vila Nova da Silva; e a diretora-geral da CPLP, Georgina de Mello.
     
    Parceria com ABDI
     
    A reunião foi realizada na sede da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, supervisionada MDIC. O presidente da ABDI, Guto Ferreira, participou do encontro e reuniu-se com a diretora-geral da CPLP, Georgina de Mello. Como resultado desse encontro, a convite da CPLP, representantes da Agência visitarão em breve empresas atendidas pelo programa de Indústria 4.0 de Portugal, concentradas, principalmente na Região Norte do país.

    Em contrapartida, o presidente da ABDI sugeriu a criação de um Portal de Boas Práticas para estimular o intercâmbio permanente entre os países do Bloco. Ideia que foi elogiado pela diretora-geral da CPLP.
     
    CPLP
     
    A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) é formada pelos seguintes países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal e Timor Leste. O Brasil tem a presidência pro tempore da instituição desde novembro de 2016.
     
    Constituída no ano de 1996, a CPLP tem como base o compromisso assumido pelos Chefes de Estado e de Governo de reforçar os laços de solidariedade e de cooperação que os unem, conjugando iniciativas para a promoção do desenvolvimento econômico e social dos seus povos.

    Fonte Internet: MDIC, 13/03/18