• HOME Notícias
  • México é o próximo destino do couro brasileiro em feiras internacionais

    IMPRIMIR

    15.10.2021

    Três setores altamente ligados à indústria do couro - calçados, móveis e automóveis - têm no México um país de destaque mundial. A nação é uma das dez maiores produtoras de autopeças do planeta e também uma das dez que mais produz calçados. Em breve, o couro brasileiro estará presente na maior feira do México para a cadeia de materiais e tecnologia, a ANPIC, na cidade de Léon. Os curtumes Courovale e OCM Best Brasil participam do evento, entre os dias 20 e 22 de outubro, com o apoio do Brazilian Leather, projeto de incentivo a exportações desenvolvido pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Haverá também na feira um estande exclusivo do Brazilian Leather, com informações sobre o potencial de fornecimento do Brasil e mostra de couros.

    As importações de couros do México tiveram um período de estabilidade recente, na casa do US$ 1 bilhão anual sucessivamente, antes da pandemia. É um indicativo do potencial de compra do país, como destaca Rogério Cunha, da Inteligência Comercial do CICB. "O México é o 5º maior importador mundial de couros e se encaminha para um crescimento da produção de bens ligados ao couro já em 2022. Estamos preparados para atender a essa demanda e, na ANPIC, estaremos ainda mais próximos do mercado e das pessoas que estão na indústria mexicana", afirma. Atualmente, o Brasil é o principal fornecedor de couros para o México (tem 31,3% de participação), seguido dos Estados Unidos (26,0%) e Itália (15,1%).

    A ANPIC reúne, além de curtumes, toda a cadeia ligada ao fornecimento de materiais, especialmente para o setor da moda. Entre os expositores há ainda indústrias químicas, equipamentos e componentes. Os visitantes são compradores, designers e diretores de indústrias calçadistas, de vestuário, acessórios e do setor de curtimento, com um público que, segundo a organização do evento, pode chegar a mais de 9 mil pessoas.

    Para conhecer mais sobre o mercado mexicano e oportunidades para o couro, acesse aqui a publicação Guia de Mercado, produzida pelo Brazilian Leather. A Apex-Brasil também encomendou um estudo sobre oportunidades para o couro no México, que pode ser acessado aqui.

    Sobre o Brazilian Leather

    Projeto setorial de internacionalização do couro brasileiro, o Brazilian Leather é conduzido pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Várias são as estratégias de consolidação do produto nacional em mercados estrangeiros - incentivo à participação de curtumes nas principais feiras mundiais ligadas ao ramo e missões empresariais focadas ao estreitamento de relações entre fornecedores brasileiros e compradores de outros países são algumas delas. Mais informações em www.brazilianleather.com.br 

    Fonte Internet: ApexBrasil, 14/10/2021